Quantos artigos devo publicar no meu blogue

Quantos artigos devo publicar no meu blogue?



Quantos artigos devo publicar no meu blogueQuantas vezes tenho de publicar no meu blogue? Esta é uma das questões mais frequentes feitas pelos bloggers e esta é a minha resposta a esta questão.

Não digo que seja sempre assim, mas de uma forma geral comigo tem funcionado bem a regra do “mais é melhor”. Correr mais para ir mais rápido, trabalhar mais para ganhar mais dinheiro, e (porque não?) publicar mais para chegar a mais leitores.

Tudo depende dos objectivos, mas se aplicarmos este conceito básico tenho quase a certeza que as estatísticas estarão a meu favor.

No entanto e apesar disso, actualmente tenho tentado fazer precisamente o contrário. Ganhar o mesmo (ou mais com um pouco de sorte), trabalhando menos.

Mas cuidado, porque a quantidade apenas ganha à qualidade se isso não representar um esforço excessivo para ti.

Mas vamos avançar na resposta ao título do post. A resposta “certa” (se é que existe) não é um número, mas antes o que pretendes fazer e quais são os teus objectivos. Vamos ver as várias opções disponíveis.

 

Várias publicações por dia

Se até agora já pensavas que era um enorme esforço publicar com uma frequência de um artigo diário, então imagina o que é publicar 10. Isso faz algum sentido?

Como em muitas outras situações, a resposta é “depende”. Depende da temática e do enfoque dado ao blogue. Se queres ser uma referência do mundo tecnológico, da moda, do marketing, da música, etc., então precisas de cobrir imensas temáticas. Nestes casos tens dois factores que te vão complicar a vida.

O primeiro factor é que são temas demasiado amplos. Não é assim tão fácil ser um blogue de moda. É muito melhor concentrar esforços em coisas mais concretas. Por exemplo, moda para homens XXL. Em nichos com tanta concorrência como a moda tens de te diferenciar para não competir com todo o mundo. É complicado abarcar tudo.

E isso é o que têm em comum todas as temáticas mencionadas anteriormente: temas demasiado amplos e imensa concorrência. Mas se apesar disto ainda queres triunfar nestas áreas, então precisas de publicar sempre as últimas novidades do sector. Isto significa que tens de fazer uma 5 a 10 publicações por dia para te conseguires posicionar de forma ampla e para qualquer leitor poder entrar várias vezes ao dia e sempre encontrar algo novo. O conteúdo principal serão as notícias.

O problema disto é que mesmo com este grande número de publicações não tens quaisquer garantias de sucesso. Mas se queres concorrer nestas áreas tens de passar por aqui. Ou pelo menos, é assim que entendo esta situação.

quantos vezes devo publicar artigos

Uma publicação diária

Estar presente na mente das pessoas requere uma coisa muito simples e ao mesmo tempo incrivelmente difícil de conseguir: constância. Alguém terá dito algo como “não temas um inimigo que treina 1.000 golpes num único dia mas aquele que treinou um único golpe durante 1.000 dias”. O tempo joga a teu favor sobretudo se souberes tirar proveito disso.

A grande maioria das pessoas não tem paciência e espera resultados demasiado rápidos com o mínimo esforço possível. Na vida real isso não existe. Aquelas pessoas que parecem ter tido sucesso de um dia para o outro lutaram durante anos (ou toda a vida) para chegarem ali.

Publicar diariamente é uma espécie de marca pessoal. É algo que podes fazer sempre que fores capaz de publicar posts com 1.000 palavras numa hora, baseando-te sobretudo na tua experiência. É impossível redigir grandes tutoriais todos os dias, obviamente. Isso significa que tens de dar algo novo aos teus leitores porque caso contrário não faria grande sentido. É algo que se pode aplicar a um blogue pessoal como este. Mas é também preciso gostar muito de escrever porque de outra forma torna-se numa coisa extremamente estressante. Precisas de dominar vários temas para que nunca se acabem as ideias.

 

Uma publicação mensal ou semanal

É neste campo que se move grande parte dos bloggers. O tempo que invisto a publicar posts durante uma semana pode ser usado para publicar um único artigo no blogue. Dependendo da investigação, das imagens utilizadas, da profundidade do conteúdo, etc., pode-se gastar facilmente 5 a 10 horas apenas para escrever um único artigo.

Este ritmo de publicação tem sentido quando se tem um alvo muito específico no blogue. Digamos que o teu blogue fala sobre o LinkedIn. Não aparecem novidades todos os dias, pelo que o ritmo tem de ser adaptado às novidades que vão surgindo.

Também é preciso ter em conta outra coisa. Quanto menos publicares, mais qualidade deves dar a cada palavra que escreves. O leitor assume que se passarem vários dias sem haver nenhuma nova publicação é porque estás a trabalhar em conteúdos novos e fabulosos. Naturalmente que também temos de ter em conta outras coisas, mas as expectativas vão crescendo conforme o tempo entre os artigos publicados for aumentando.

blogues

Uma publicação a cada 6-18 meses

Pode-se publicar tão pouco e mesmo assim ser conhecido como blogger? Claro que sim. Há alguns bloggers que demoram meses a publicar novos artigos, mas os seus seguidores esperam ansiosamente pela próxima entrada. Mas neste caso as expectativas são astronómicas.

Quando se demora tanto tempo para publicar alguma coisa as pessoas esperam conteúdos do tipo “como ficar rico em 1 hora investindo apenas 1 euro com Facebook Ads”.

É por isso que tento publicar com alguma frequência, porque assim estamos presentes na mente das pessoas, mas sem que estas esperem conteúdos que as ajude a solucionar as suas vidas de forma milagrosa. O objectivo deste ritmo de publicação é inspirar e trazer novas ideias.

Diz-se que o caminho faz-se caminhando. Mas a verdade é que cada um de nós tem de encontrar a frequência certa para si, de forma a publicar artigos com sentido e no momento certo e com os quais seja possível atingir os nossos objectivos.

Não é fácil, mas se quiseres e tiveres força de vontade, também podes e vais conseguir ter um blogue de sucesso.



Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.