google plus

O crescimento do Google Plus



google plusO gráfico acima representa o tempo que demorou o Google Plus a atingir os 10 milhões de usuários: exactamente 16 dias, muito antes dos 780 do Twitter e dos 852 do Facebook.

Este simples gráfico é tão elucidativo que permite tirar uma primeira conclusão muito clara: parece que o Google Plus vai ser capaz de competir seriamente com o Facebook e com o Twitter.

 

No entanto, é preciso ter em conta alguns pormenores para explicar este êxito esmagador:

  • A familiaridade com as redes sociais – Um público enorme que já está familiarizado com as redes sociais do Facebook e do Twitter, que são os que abriram este mercado, por assim dizer. Estando já ligados nestas redes sociais é mais fácil convidar outros utilizadores a usar o Google Plus.
  • Um desejo de alternativa – Enquanto o Facebook e o Twitter já estão em uso de forma massiva, existe um grande número de usuários que não gosta do sistema de funcionamento destas duas redes. O Google Plus é realmente a primeira alternativa séria que aparece.
  • É Google – Muitas pessoas já têm uma conta Google e usam o Gmail, o que facilita muito a abertura de uma conta no Google Plus, assim como enviar convites a potenciais novos usuários. Além do mais, sendo um produto da Google podemos assumir automaticamente que tem imensas probabilidades de ter sucesso.

 

O Google Plus irá continuar a crescer?

O Google Plus tem-se revelado como um bom produto. Uma ferramenta sólida, com todos os recursos possíveis por trás e que tem uma excelente aceitação entre todos os que já o experimentaram. No entanto, e como já aconteceu mais do que uma vez com produtos da Google, não é muito usado para além dos círculos de usuários com um background tecnológico ou como uso laboral.

A Google vai ter que fazer alguma coisa para diferenciar-se e distanciar-se tanto do Twitter como do Facebook, que já fizeram um excelente trabalho nas respectivas plataformas e melhorar muito para conseguir que os usuários passem mais tempo dentro do sistema, algo no qual as outras duas redes sociais são especialistas.

Em jeito de conclusão, é possível que o Google Plus acabe por ser uma boa alternativa, mas não é tão fácil como pode parece à primeira vista. Tem ainda muito caminho a percorrer, sobretudo para atrair e convencer quem tem poucos conhecimentos, nem quer ter, sobre o mundo da internet.



Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.