KPIs e marketing de conteúdos

Como começar a medir o sucesso da nossa estratégia digital a partir da definição dos KPIs segundo os nossos objetivos?
kpis
Quando queremos melhorar o nosso conteúdo ou os resultados do marketing digital, devemos utilizar os dados mais objetivos possíveis. Por esta razão, os projetos devem ser regidos, para começar, por objetivos e indicadores, conhecidos como KPI (Key Performance Indicator), que nos ajudam a refletir o progresso das nossas ações, quer positiva, quer negativamente.
Os objetivos nos projetos podem diferir, embora todos os clientes tenham o mesmo objetivo final: aumentar as vendas.
Ao longo do caminho, isto pode traduzir-se num ou mais objetivos:
  • O aumento do tráfego para o website é geralmente o mais comum, embora tenhamos de estar sempre conscientes de que a qualidade é sempre mais importante do que a quantidade.
  • Atrair novos compradores, permitindo-nos aumentar a nossa quota de mercado.
  • Gerar mais conhecimento, visibilidade e credibilidade para a nossa empresa.
  • Ganhar embaixadores de marca
  • Gerar leads e convertê-las
  • Qualquer outro que se ajuste aos nossos objetivos comerciais.
Com base nos objetivos iniciais, vamos elaborar os KPIs. Estes podem ser de naturezas diferentes, dependendo daquilo que medimos:

Consumo do conteúdo:

Estes são um tipo de medição que muitos vêm por defeito no serviço de análise e são muito fáceis de compreender:
  • Páginas vistas
  • Taxa de rejeição
  • Novos visitantes
  • Percentagem de pessoas que regressam
  • Visualizações de vídeos, o reprodução de podcasts, se os tivermos.
  • Tempo de sessão

Interação com o conteúdo:

Como fazer para que o conteúdo chegue ainda mais longe.
  • Retweets, likes e todo o tipo de partilha de conteúdos nas várias redes sociais.
  • Partilhas nas redes sociais.
  • Comentários.
  • Menções sociais.

Captura de leads, conversões para os objetivos propostos:

  • Download de materiais tais como os clássicos ebooks, formulários de contacto preenchidos, etc.
  • Registo de utilizadores se tivermos esta funcionalidade na plataforma.
  • Subscrições na base de dados de correio eletrónico.

Nas leads podemos medir outros parâmetros como, por exemplo:

  • Taxa de conversão
  • Número de leads obtidas
  • Custo por cada lead

Receitas / KPIs

Se tivermos conversão para vendas, o conhecimento de certos dados permitir-nos-á dirigir o investimento para as fontes mais interessantes.
  • Receitas totais
  • Número de vendas totais
  • Retorno do investimento (ROI)
  • Crescimento das vendas
  • Custo por aquisição (CPA)
  • Abandono do carrinho de compras
  • Vendas cruzadas
  • Margem de lucro
Mostrar o valor do nosso trabalho, através de dados objetivos, é o primeiro passo para demonstrar os benefícios dos nossos esforços e para continuar a investir no conteúdo.
O Google Analytics, como ferramenta disponível gratuitamente para todos, tem uma boa combinação de parâmetros que queremos medir. Pode criar os seus próprios painéis para ter certos dados e, claro, funis de conversão, muito necessários, a partir do que precisa para medir, por exemplo, a percentagem de subscrições da sua newsletter.
A partir destes dados, fixa metas, idealmente em vendas, é a melhor forma de te forçares a melhorar. Não tem de ser apenas com uma estratégia comercial mais agressiva, podes procurar aspetos relacionados com a otimização da conversão. Por vezes, uma simples mudança de tamanho ou cor num botão tem uma grande melhoria na taxa de click-through (CTR).
Determinar corretamente o que precisamos de medir, graças à utilização de KPIs, permitir-nos-á melhorar a nossa estratégia digital. Queres melhorar?

Deixa o teu comentário