Como ultrapassar a concorrência

Como ultrapassar a concorrência nas mesmas palavras-chave



Como ultrapassar a concorrênciaO SEO é uma das melhores estratégias a longo prazo para dar visibilidade a qualquer página web ou negócio online. No entanto, pode ser complicado aparecer nos resultados de pesquisa, principalmente em determinados nichos e devido à concorrência pelas mesmas palavras-chave.

Para ultrapassar este problema, não há outra solução senão fazer uma análise aos principais competidores, analisar os resultados para esses termos de pesquisa e trabalhar muito para conseguir ultrapassar a competição.

Como podes adivinhar, o processo não é simples, nem rápido, mas também não é impossível e os resultados deste esforço podem ser muito vantajosos a nível de tráfego, e se conseguirmos transformar esse tráfego em clientes e leads, ainda melhor.

 

Primeiro passo: Analisar a concorrência

A primeira coisa a fazer a detectar as palavras-chave pelas quais a concorrência está posicionada e através das quais está a obter o tráfego. Para isso o melhor é utilizar esta ferramenta, o Semrush. Introduzindo a URL dos teus concorrentes irás obter uma lista das palavras-chave para as quais estão posicionados, qual a posição que ocupam, o volume de tráfego estimado e o número de resultados para esse termo de pesquisa.

Exporta o resultado para um ficheiro Excel para depois filtrar os termos que pretendes atacar. Depois de concluir este passo, passamos ao seguinte.

 

Segundo passo: Analisar os resultados de pesquisa

Com a ajuda da barra de ferramentas do Moz para o browser vamos analisar os resultados de pesquisa actuais para essas palavras-chave. Entra em modo de janela privada para não influenciar os resultados e faz uma pesquisa no Google. Com a barra de ferramentas do Moz activada, para além dos resultados normais de pesquisa irás conseguir obter informação muito valiosa em termos de SEO, como por exemplo a autoridade do domínio ou a força da página.

Agora vamos analisar, por exemplo, os três primeiros resultados, entrando na página e examinando os conteúdos gerados. Número de palavras, títulos H2 e H3, palavra-chave principal e a densidade, termos relacionados e conteúdo multimédia como imagens e vídeos.

 

Terceiro passo: Criar melhor conteúdo

Tanto o Google como os teus leitores (ou clientes) estão à procura de conteúdos de qualidade. Em relação ao Google, é preciso optimizar o conteúdo, garantindo que a palavra-chave está incluída, assim como outros termos relacionados para contextualizar a pesquisa. Utiliza as tuas palavras-chave no título e nos cabeçalhos, bem como ao longo do texto. Deves tratar a temática de forma mais profunda do que a tua concorrência.

O conteúdo multimédia pode ser muito útil. Inclui alguma imagem a mais do que a concorrência, como por exemplo uma infografia, e utiliza palavras-chave no título das imagens e texto alternativo (alt text), bem como sinónimos na descrição. Se ainda ninguém utilizou nenhum vídeo, então aqui está uma excelente oportunidade. Se tiveres a possibilidade de criar um vídeo para complementar a informação já disponibilizada e carregá-lo para o YouTube, fazendo também uma optimização do conteúdo, então isso poderá marcar a diferença, fazendo também com que os usuários passem mais tempo na tua página.

 

Quarto passo: Reforça com link building

Mesmo que tenhas conseguido criar conteúdos fantásticos, ainda tens a desvantagem da tua concorrência já ter criado backlinks e isso lhes estar a dar uma maior autoridade perante o Google. Analisa com uma ferramenta como o Ahrefs o perfil dos links recebidos por esse post e procura uma forma de os replicar através de uma estratégia de link building.



3 Comentários

  1. Fagner
    Agosto 4, 2015
    • Paulo António
      Agosto 4, 2015
  2. fagner
    Agosto 12, 2015

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.