plagio

Como prevenir os plágios do nosso blogue



plagioComo em qualquer outra área da nossa vida, podemos encontrar 2 tipos de pessoas, as honestas que trabalham arduamente para atingir as suas metas, e as desonestas que procuram lucrar com o trabalho dos outros. Os negócios online não são excepção a esta regra.

As publicações de um blogue são o seu activo mais valioso. Graças aos artigos, são geradas subscrições, seguidores, melhorado o posicionamento web, a nossa marca pessoal e gerado retorno a nível económico. Por tudo isto, é deveras importante conhecer a melhor forma de proteger o nosso trabalho daquelas pessoas que procuram ganhar dinheiro à custa do nosso esforço e conhecimentos. Neste artigo irei mostrar o que é o roubo de conteúdo (plágio), quem o faz, como o detectar, como prevenir, e o que fazer quando nos depararmos com esta situação. Vamos então começar.

 

O que é o roubo de conteúdo ou plágio?

Em termos simples, o plágio consiste em copiar uma publicação de um site e publicá-la noutro site. Quando um site publica um artigo, automaticamente obtém os direitos intelectuais sobre essa publicação. Mas, para obter esses direitos automaticamente, deve-se juntar uma nota de Copyright nalgum local do blogue. A maioria dos sites tem essa nota no final da página. Exemplo: © 2013 Todos os direitos reservados. Dicas Dinheiro.

 

Porque são copiados os artigos?

Quem tem algum conhecimento, por mínimo que seja, a nível de SEO, certamente que ouviu dizer ou leu que “o conteúdo é rei”. E assim é. A dica mais importante que qualquer blogueiro iniciante deve saber é exactamente que o conteúdo é o rei.

·         Se quisermos que as pessoas subscrevam o nosso blogue, é preciso oferecer conteúdos de excelente qualidade.

·         Se quisermos oferecer os serviços a nível profissional, há que demonstrar os nossos conhecimentos e experiencia aos potenciais clientes, através das nossas publicações.

·         Se quisermos levar o nosso blogue até aos primeiros lugares do Google, é necessário escrever conteúdo excelente.

Assim poderia continuar durante horas, demonstrando a importância do conteúdo de um blogue, mas penso que estes exemplos são suficientes. O problema é que saber escrever é um dom inato que nem todos têm. Muitos blogueiros “sofrem” para publicar artigos nos seus blogues, porque não sabem sobre que tema escrever, como escrever ou como cativar os respectivos leitores.

 

Como detectar o plágio?

Existem várias formas de detectar quando os artigos foram copiados. Vamos conhecer as 4 melhores formas:

 

1 – Procurar no Google pelos títulos dos artigos

A forma tradicional de encontrar artigos é procurando no Google pelos títulos exactos dos artigos. Se encontrarmos vários blogues que têm artigos com o mesmo título, possivelmente terão copiado os nossos posts.

 

2 – Pingbacks e Trackbacks

O wordpress tem um mecanismo automático de pingbacks e trackbacks, que permite receber notificações quando outro blogue em wordpress coloca uma ligação para o nosso blogue.

Um pingback é quando o nosso blogue em wordpress envia automaticamente uma notificação para outro blogue quando colocamos um link para outro blogue.

Um trackback é o contrario, consiste numa notificação recebida quando outro blogue coloca um link para o nosso blogue.

Para que esta estratégia funcione, é preciso adicionar links para outros posts do nosso blogue nos artigos que vão sendo publicados, porque a maioria das pessoas que copia artigos, apenas faz copy+paste do conteúdo tal como nós o publicámos. O que irá acontecer é que se o blogue deles utilizar wordpress, vamos receber um trackback.

 

3- Relatórios do Google Webmaster Tools

Do ponto de vista SEO, é muito importante registar qualquer website no Google Webmaster Tools, porque assim podemos ver as estatísticas, cliques e impressões do nosso site nos resultados de pesquisa do Google. O Google Webmaster Tools tem uma secção com os links onde é possível ver uma lista dos sites que têm links para o nosso blogue. Geralmente encontramos os sites que copiaram o nosso conteúdo nos primeiros lugares dessa lista.

 

4- Utilizar o CopyScape

O CopyScape é um serviço premium, criado para combater directamente o roubo de conteúdo. Oferece um serviço gratuito e 2 serviços premium (pagos): o CopyScape Premium e o CopySentry.

O serviço gratuito permite procurar cópias do conteúdo de um URL específico, mostrando resultados limitados.

O CopyScape Premium permite procurar por conteúdo duplicado no nosso próprio site, roubo de conteúdo do nosso site, verificar antes de publicar se um artigo já foi publicado noutro lado, entre outros.

O CopySentry protege o site do roubo de conteúdo, monitorizando durante 24 horas por dia a web, e apresentando relatórios quando encontra algum plágio. Tem em conta que o CopyScape apenas informa do roubo de conteúdo, não tomando qualquer acção quando encontra alguma situação de plágio.

 

Como prevenir o plágio ou cópia dos nossos artigos?

Efectivamente, é impossível impedir totalmente a copia ou plágio dos nossos conteúdos, mas vamos conhecer algumas formas de dificultar a tarefa a essas pessoas.

 

1- Limitar o conteúdo do feed

O feed é uma espada de dois gumes para um blogue. Assim como pode beneficiar, também pode prejudicar. Todos usamos os feeds para ler websites do nosso interesse, no entanto, assim como um leitor de feeds mostra o conteúdo de um site, também existem leitores de feeds que em vez de mostrar, publicam o conteúdo. Para evitar isso, basta apenas mostrar um resumo dos posts no feed. Para isso, vamos alterar as opções gerais do wordpress >> leitura >> Para cada artigo num feed, mostrar >> Um resumo.

 

2- Estabelecer a nossa autoria no Google

google+Desde à cerca de 2 anos que o Google introduziu a autoria de sites, que permite reconhecer os sites através de um perfil no Google+, mostrando uma foto no lado esquerdo dos resultados de pesquisa. Ao estabelecer a autoria, o Google vai saber que foi publicado conteúdo original, e se alguém copiar o conteúdo, os resultados de pesquisa desse site não serão considerados.

 

3- Criar links para outros artigos

Esta estratégia não é para evitar o roubo de conteúdo, mas para nos beneficiar quando isso sucede. Se adicionarmos links para outros artigos relacionados no conteúdo dos artigos, quando alguém fizer uma cópia, irá também copiar os links, gerando backlinks para o nosso blogue. Esses backlinks irão ajudar a obter melhores resultados nos resultados de pesquisa ou serps.

 

4- Evitar o hotlinking

Hotlinking consiste em mostrar num site uma imagem alojada num servidor externo. O hotlinking é considerado crime para muitas pessoas, pois é um roubo directo do trafego do nosso servidor.

Imagina que um site (externo) rouba um artigo completo do teu blogue, incluindo a imagem alojada no teu servidor. Cada visita que o artigo roubado receber irá gerar um pedido ao teu servidor, consumindo mais trafego e tornando o teu servidor mais lento. O hotlinking pode tornar mais lento o carregamento do nosso blogue, e quando se tem um plano de hosting com trafego limitado, isso pode significar um aumento de custos por se ter ultrapassado os limites do servidor.

 

Como evitar o hotlinking?

Para evitar o Hotlinking deve-se juntar o seguinte código no final do arquivo .htaccess, que fica localizado no directório principal do blogue wordpress.

Nota: Faz uma copia de segurança do arquivo .htaccess antes de fazer qualquer alteração.

 

RewriteCond %{HTTP_REFERER} !^$

RewriteCond %{HTTP_REFERER} !^https://dicasdinheiro.com/.*$ [NC]

RewriteCond %{HTTP_REFERER} !^https://dicasdinheiro.com$ [NC]

RewriteRule .*\.(jpg|jpeg|gif|png|bmp)$ – [F,NC]

 

Substitui dicasdinheiro.com pelo domínio do teu blogue.

Este código consiste numa serie de instruções que reconhece Apache (o software do servidor). Quando é pedido ao servidor que apresente as imagens, estas apenas serão apresentadas se forem do nosso blogue (domínio).

 

O que fazer quando mesmo assim alguém rouba o nosso conteúdo?

Isso depende da quantidade de conteúdo que foi roubado. Por exemplo, se apenas ter foi roubado um único artigo, penso que não será necessário tomar medidas drásticas. No entanto, se a maioria dos artigos estão a ser roubados há que fazer tudo a nosso alcance para o impedir.

 

1- Pedir ao dono do site para eliminar o conteúdo copiado

Esta é a forma normal. Consiste em contactar o dono do site e pedir-lhe cordialmente para eliminar o conteúdo copiado. Deves comprovar claramente que és o autor original. Isto pode ser feito mostrando a data em que foi publicado o(s) artigo(s) do nosso site. Na maioria das vezes apenas bastará isto para o dono do site eliminar o conteúdo copiado.

Mas, o que fazer quando essa pessoa não elimina o conteúdo plagiado? Se for apenas um artigo talvez seja melhor deixar o assunto por aí, mas se forem mais artigos é preciso tomar algumas medidas:

 

2- Enviar uma carta ao dono do site que copiou o conteúdo

A primeira carta enviado pode ser mais leve, mas se não houver qualquer resposta positiva às nossas pretensões, então há que escrever uma segunda carta mais ameaçadora e onde referimos ir tomar as devidas acções legais. Aconselho também a enviar uma comunicação à empresa de hosting desse site a reportar a situação e a exigir que também eles tomem medidas para evitar outras consequências legais.

 

3- Denunciar o site ao Google

O Google tem um sistema para eliminar dos resultados de pesquisa as páginas de terceiros que infrinjam direitos de autor, etc.

Podes usar este formulário para solicitar a eliminação do conteúdo que foi plagiado. Tem atenção que este é um processo legal.

 

4- Bloquear o IP de acesso ao blogue

Este ponto consiste em bloquear completamente o acesso IP do site que copiou o conteúdo do blogue. Para conhecer o IP podes usar esta ferramenta, Depois junta o seguinte código no inicio do arquivo .htaccess, que fica localizado no directório principal do wordpress.

Nota: Faz uma copia de segurança do arquivo .htaccess antes de fazer qualquer alteração.

Deny from 177.82.54.70

Substituir 177.82.54.70 pelo IP do site a bloquear.

 

5- Tomar as devidas acções legais

Se pensas que um determinado site já copiou demasiadas publicações do teu blogue e o dono não elimina o conteúdo plagiado apesar das reclamações, podes (e deves) tomar as devidas acções legais. Contacta um advogado para te aconselhar melhor neste aspecto.

 

Conclusão

O conteúdo de um blogue é o seu bem mais valioso, porque são os teus conhecimentos, dedicação, experiência e trabalho que estão reflectidos nos artigos. Por esta razão, é importante mantermo-nos sempre alerta e cuidar do que nos pertence. Não permitas que os plagiadores se aproveitem de ti ou do teu trabalho.



Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.