dinheiro

Como ganhar dinheiro com um blog – Segunda Parte



Após o último artigo desta série sobre”Como ganhar dinheiro com um blog” havíamos prometido continuar a desvendar as melhores formas para conseguir rentabilizar um blog e como o conseguir. Aqui fica então hoje a segunda parte, espero que seja do seu agrado e muito útil.

Continuando, após escolher o nicho de mercado que o apaixona e sobre o qual vai escrever, há que adquirir também alguns conhecimentos de SEO, básicos mas conhecimentos, além de ter uma meta e objectivos a atingir. O primeiro passo penso que já deverá entretanto estar mais do que cumprido.

O passo seguinte é investigar sobre alguns dos CMS (Content Management Systems) que o poderão ajudar a profissionalizar o seu blog. Investigue o Blogger, WordPress e Typepad. Sei que existem muitas mais plataformas para criar blogs, no entanto, estas são as que pessoalmente considero mais importantes e com mais comentários positivos.

Uma vez conhecidas cada uma das plataformas e comparadas as suas características, vantagens e desvantagens, há que escolher uma. No meu caso escolhi o WordPress como a minha plataforma ideal para a criação de blogs. Porquê? É muito fácil de usar, tem uma imensa quantidade de plugins, permite facilmente fazer modificações no aspecto do blog e além do mais é software livre (open source). Adiante, cada uma destas plataformas tem coisas boas e outras excelentes. Mas terá que escolher uma delas. Conselho: Seleccione a que gosta mais, pois esta selecção é parte essencial do caminho para o êxito.

Após escolher a plataforma para começar a publicar o blog, vêem duas perguntas básicas e indispensáveis. Qual a empresa de alojamento melhor para alojar o blog? E qual o domínio a utilizar? Para a escolha do domínio há que seguir algumas recomendações básicas: O ideal seria ter um dominio.com, no máximo com uma ou duas palavras chave. Isto é para blogs que não tenham um país definido como mercado alvo. Ou seja, se está a pensar por exemplo criar um blog direccionado para o mercado brasileiro, o melhor seria comprar um domínio .com.br, e se for para o mercado português um domínio .com.pt ou mesmo .pt, e assim por diante consoante cada país.

Para a escolha do alojamento web irá depender essencialmente de duas coisas: a localização do servidor e as características dos planos de alojamento. Quanto mais perto estiverem o servidor e o país alvo melhor. Existem já actualmente muitas empresas de alojamento de qualidade, tanto em Portugal como no Brasil. No caso de Portugal, recomendo que contrate o alojamento de um servidor localizado dentro do país, naturalmente.

Existe já muita oferta e serviços com excelente qualidade. Existem também muitas empresas que oferecem pacotes de alojamento “ilimitados”, mas cuidado, o ilimitado não existe, quando muito terá tráfego não contabilizado, por isso verifique as características do alojamento antes de contratar o serviço.

Se tudo correr bem, como se espera, mais tarde terá que pensar em mudar para uma VPS ou servidor dedicado (essa é outra história).

Como referi anteriormente, a plataforma que escolhi para mim foi o WordPress, pelo que tive de ler bastante sobre esta plataforma. Tenho que dizer que não é de todo uma tarefa indispensável ler tudo e mais alguma coisa sobre este CMS, pois como tudo, a base de aprendizagem é mesmo praticando e usando. Conselho: Por mais que leia, se não praticar realmente nunca irá tornar-se num especialista. O melhor é mesmo ir lendo e praticando ao mesmo tempo, pois há que conhecer as bases do CMS.

Após finalmente termos pronta a plataforma, há que a configurar. Adicione os plugins necessários como por exemplo: Akismet, All In One SEO, WhyDoWork, Google XML Sitemap, entre outros. Todos estes plugins foram pensados tendo em vista o posicionamento web. Sobretudo o All In One SEO, já que permite configurar os títulos, as meta descriptions, etiquetas e muitas outras coisas mais.

Uma vez tendo a plataforma configurada e pronta para começar a publicar artigos vem a parte mais difícil, estabelecer categorias, criar artigos e seleccionar as formas de ganhar dinheiro.

Mas isso já é parte do próximo artigo.

Mas antes, gostaria de saber: Qual a plataforma que utiliza e porquê? Qual o serviço de alojamento que recomenda?



3 Comentários

  1. matheus
    Agosto 15, 2011
  2. Sah
    Julho 24, 2015

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.