seo

6 Pontos chave para o SEO



seoComo muitos saberão o SEO é dinâmico e está em constante evolução. O facto é que com tantos pandas, pinguins e colibris com que o Google nos presenteou nos últimos tempos torna-se imprescindível conhecer as tendências para tentar acompanhar ou mesmo melhorar os nossos resultados de pesquisa.

A tendência do SEO actualmente baseia-se na continuação e aperfeiçoamento do que já existia, ou seja, tudo o que aprendemos em 2013 é relevante, mas devemos melhorar a nossa estratégia.

De seguida vou analisar, o que em meu entender irão ser os 6 pontos-chave para o SEO nos próximos meses.

 

1. Pesquisas em dispositivos móveis

O uso de smartphones e tablets é cada vez maior, pelo que será muito valorizado este ponto. Deve-se prestar especial importância a:

·         Responsive design

·         A velocidade de carregamento que é cada vez mais fundamental

·         Não descuidar a navegabilidade da página

 

2. O conteúdo continuará a ser o rei

No ano passado o Google deu mais importância aos bons conteúdos e deverá continuar a dar. Com o aparecimento dos artigos em profundidade (in-depth articles), presentes nos Estados Unidos desde Agosto do ano passado, esta tendência tornou-se ainda mais evidente. Aconselha-se a que:

·         Os artigos tenham um mínimo de 500 palavras

·         Nunca se esqueça de incluir palavras-chave nos textos

 

3. Aumenta a importância das redes sociais

As redes sociais estão a tornar-se numa ferramenta fundamental para a promoção de qualquer negócio, quer seja através da promoção de concursos, oferecendo conteúdo de qualidade ou através de outras fórmulas menos ortodoxas.

·         Cada vez irá ter mais importância os +1 do Google Plus e essa tendência deverá aumentar ainda mais

·         As redes sociais não só melhoram a nossa imagem como também ajudam a obter backlinks

 

4. Pesquisas mais semânticas e “not provided”

Antes do aparecimento do Hummingbird, um dos mais recentes algoritmos do Google, a pesquisa era feita simplesmente com base nos termos da pesquisa, no entanto, após a entrada em cena deste algoritmo, o Google procurou entender e interpretar o que o usuário quer realmente encontrar. Juntamente com o aumento do “not-provided”, a importância das palavras-chave exactas irá diminuir.

·         A pesquisa semântica irá ganhar vantagem em relação à pesquisa de palavras-chave

·         O “not-provided” irá continuar a aumentar, o que dificultará a análise dos resultados

·         Tudo isto conduzirá a ter de se dar mais importância aos bons conteúdos

 

5. LinkBuilding

É já sobejamente conhecido que a compra de links em farmlinks é uma perda de tempo e de dinheiro, pois é uma prática penalizada pelo Google. O que agora importa é a qualidade dos links, mais valendo um link de qualidade, do que 20 links ao acaso.

·         Quanto maior for o pagerank ou a autoridade de uma página, mais qualidade terão os seus links

·         Os links provenientes de sites com o mesmo tema serão mais valorizados em relação aos outros

·         O conteúdo de qualidade, a imaginação e as redes sociais serão muito importantes

 

6. Dados estruturados (Rich Snippets)

Cada vez mais se está a generalizar o uso de dados estruturados para os resultados de pesquisa. Por exemplo, a classificação de uma receita ou a foto do autor de um artigo de um blogue, tornam um site mais atractivo.

 

Como podemos ver a tendência actual do SEO está-se a distanciar dos antigos métodos, sendo cada vez mais difícil enganar o Google, e se alguém o fizer correrá cada vez mais riscos de vir a ser penalizado. A melhor coisa a fazer é criar uma boa estratégia de marketing, baseada nos conteúdos de qualidade, apoiada nas redes sociais e orientada para as novas pesquisas semânticas. O que há a fazer é pensar no que as pessoas estão a procurar e na forma como fazem a sua pesquisa, fazendo desta base o nosso ponto de partida em termos de estratégia de SEO.



Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.