social media

4 Conselhos para melhorar o engagement nos social media



social mediaO tipo de conteúdo que se publica nos social media está muito relacionado com o impacto e com a participação do público. Essa interacção traduz-se num rendimento positivo da estratégia SEO, numa maior visibilidade da marca, na melhoria da reputação online, e consequentemente, num maior volume de vendas. Desta forma, o caminho para vender mais começa não só pela melhoria do tipo de conteúdos oferecidos nos social media e nos blogues, mas sobretudo por melhorar a comunicação nas redes sociais corporativas.

Para mostrar o caminho correcto, vamos partilhar neste artigo quatro boa formas de aumentar significativamente a eficácia viral dos conteúdos nos social media. Vamos ver:

 

  • Descobrir quem é o público-alvo e qual é a plataforma de social media mais adequada para desenvolver uma estratégia de comunicação. Descobrir a melhor plataforma para melhorar a interacção não é simples, uma vez que cada rede social é tem diferentes características e públicos. Por exemplo, o Instagram é uma plataforma em franco crescimento e com características marcadamente visuais que tem um público essencialmente feminino e ávido por imagens de qualidade e com produtos à altura. O Twitter é uma plataforma de comunicação onde encontramos um segmento de público mais jovem. O LinkedIn e o Xing são espaços ultraprofissionais. O Google+ tem a vantagem de ter uma boa interacção SEO com o Google. O Facebook facilita uma maior interacção, mas é mais generalista, mas apesar disso, todas as grandes marcas estão aqui representadas. No entanto, o Facebook pode não ser o social media mais adequado para segmentar para além de um certo limite com as campanhas de publicidade. Dito isto, há que avaliar onde se encontra o público-alvo que se pretende captar.

 

  • Modelo de comunicação e o tempo certo. Cada social media tem o seu formato de conteúdo preferido. O Twitter funciona bem para fazer perguntas e dar respostas curtas à audiência sobre temas interessantes ou da actualidade. Uma boa regra geral para todas as redes sociais é aplicar hashtags, colocar links, favorecer a interacção com a audiência de forma subtil, adicionando infografias, colocando vídeos, publicando fotos apelativas, próprias e originais, e que levem o público a solicitar mais dados e a reverem-se na marca. Retweetar no Twitter não só fornece mais informação externa para a nossa audiência, o que se torna mais fácil de implementar com menos esforço, como ainda nos dá mais credibilidade na plataforma. Os nossos tweets devem seguir a mesma linha de interesses de acordo com o nosso perfil, convidando os outros a seguir a mesma linha. Em relação à melhor altura para fazer as publicações, o Twitter funciona bem para favorecer essa interacção de segunda a quinta-feira, o LinkedIn de terça a quinta-feira e o Facebook, especialmente às quintas e sexta-feiras. Mas tudo se baseia em testar e experimentar, pelo que deverá testar e verificar quais os melhores horários para as suas publicações em particular.

 

  • Estar em dia com as tendências. Qualquer campanha a desenvolver nos social media deve ter em vista os temas que são uma tendência nessa altura, nos trending topics. E para ajudar a campanha, não nos esqueçamos do poder dos hashtags. Demonstrar que se está a par das novidades no nosso campo de trabalho tem a virtude de inspirar confiança, compromisso e respeito pelo profissional.

 

  • Ganhar familiaridade e personalidade. Cada marca tem a sua própria personalidade, mas o truque está em fazer-se distinguir pela forma como são feitas as coisas. Pode-se trabalhar de muitas maneiras, mas nos social media falar do dia-a-dia profissional, do que se faz, trazendo algo de intimidade é uma forma de humanizar e de personalizar o trabalho. É o que o público quer ver e é o que as pessoas vêm como estando mais próximo de si. Ver uma empresa que se expressa na realidade do seu capital humano.



Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.