ganhar dinheiro com google adsense

10 Erros que impedem de ganhar dinheiro com o Google Adsense



ganhar dinheiro com google adsense

Utilizas o Google Adsense como a principal fonte de rendimentos do teu blogue?

Então já te terás questionado em alguma altura:

Porque não estou a ganhar o dinheiro que esperava? O que é que estou a fazer mal?

Aqui está a resposta a estas questões. Neste artigo vou apresentar os 10 erros que podes estar a cometer neste momento e que te estão a impedir de alcançar o máximo potencial do teu blogue!

 

1- Má localização dos anúncios

A localização dos anúncios é vital para ganhar dinheiro no Adsense. Se os anúncios apresentados pelo Google Adsense não estiverem colocados nas partes mais visíveis do blogue, não recebem quaisquer cliques!

As melhores zonas para colocar os anúncios são:

  • Cabeçalho – Formato de anúncio recomendado
  • Área superior da sidebar – Formato de anúncio recomendado
  • Área superior esquerda dos posts – Formato de Anuncio Recomendado

 

2- Não publicar regularmente

Se o teu blogue ainda é recente, é necessário publicar constantemente novos conteúdos de qualidade de forma a criar uma comunidade de leitores e seguidores dispostos a apoiar-te nos teus projectos.

Comunidade de leitores = Visitas = Clique em anúncios = Dinheiro!

 

3- Escrever de forma confusa

Quando escreveres os teus artigos faz sempre uma revisão no final e verifica se estão legíveis para qualquer um. Devem também falar sobre um tema específico e que esse tema seja facilmente identificável.

Porquê? Porque o Google Adsense utiliza um robot para analisar a página de forma a determinar quais os anúncios a mostrar. Nesse caso, se o robot ficar confundido com o conteúdo do artigo e não conseguir identificar do que se está a falar, não pode mostrar anúncios relevantes e relacionados com o tema, diminuindo assim o CTR.

 

4- Maus Títulos

O título deve conter as palavras-chave de um post. Essas palavras-chave também influenciam a análise que é feita pelo Google spider para mostrar os anúncios relacionados com o site.

Procura escrever sobre temas relevantes e populares, uma vez que são os anúncios relacionados com esses temas que geram melhores rendimentos.

 

5- Nunca mostrar anúncios alternativos

Quando se cria um anúncio no Google Adsense, temos a opção de informar que pretendemos que sejam apresentados anúncios alternativos. Estes anúncios alternativos são mostrados quando o robot não consegue analisar as páginas do blogue ou quando não encontra nenhum anúncio relacionado com o tema.

Este tipo de anúncios (alternativos) pode ser muito útil, uma vez que se o Adsense não mostrar quaisquer anúncios aos leitores, também não irá haver nenhum rendimento proveniente desse artigo.

 

6- Clicar nos próprios anúncios

Esta é uma situação que acontece frequentemente com muitos dos blogueiros iniciantes (para não dizer a maioria) que clicam nos seus próprios anúncios pois querem ganhar dinheiro rapidamente.

Esta acção pode ter um efeito contrário porque o Adsense não se deixa enganar assim tão facilmente e a tua conta pode ser cancelada sem qualquer aviso prévio, perdendo todo o dinheiro que possas ter em saldo.

Nota 1 : Nunca cliques nos anúncios do teu blogue, nem peças aos amigos ou família para o fazer por ti.

Nota 2 : Podes perder todo o dinheiro que já ganhaste antes da conta ser bloqueada.

Nota 3: É quase impossível conseguir reaver uma conta de Adsense bloqueada.

 

7- Violar as regras do Adsense

O Google Adsense, tal como qualquer empresa, tem as suas próprias regras. Se violares alguma delas corres o risco de perder a tua fonte de rendimentos porque a conta pode ser bloqueada, e ficarás marcado na lista negra do Google para sempre!

 

8- Design

Está provado, de acordo com alguns estudos, que os anúncios do Adsense funcionam melhor quando se misturam bem com o conteúdo e o design do blogue.

Porquê? Porque as pessoas poucas vezes clicam em “anúncios”. Muitos acreditam que os anúncios têm vírus, são burlas ou simplesmente desenvolveram uma “cegueira” selectiva aos anúncios.

Um dado muito interessante: a maioria dos cliques em anúncios é feito por pessoas que “não sabiam que estavam a clicar em anúncios”. Isso acontece porque pensava que os anúncios faziam parte do conteúdo do site. Mas para isso acontecer, os anúncios têm de estar relacionados com o tema que está a ser tratado, pelo que não te deves esquecer das regras anteriores para que sejam apresentados anúncios relevantes pelo Adsense.

 

9- Nunca medir o rendimento dos anúncios

Um erro muito comum é controlar os rendimentos no painel de controlo do Adsense, mas nunca controlar o rendimento de cada anúncio em particular.

O Adsense permite a criação de critérios de seguimento, e critérios de seguimento de URLs. Estas opções permitem-nos medir o rendimento de cada anúncio ou página em especial (configurada previamente).

Desta forma, quando fores ver os teus rendimentos, podes também saber quanto dinheiro rendeu cada anúncio específico e qual o formato mais rentável.

 

10- Perder tráfego ou visitas

Este ponto, apesar de ser o último desta lista, é um dos mais importantes.

Como todos sabemos o tráfego é o factor chave para se poder ganhar dinheiro na internet, qualquer que seja o método de monetização utilizado.

Se tiveres poucas visitas, os anúncios também terão poucos cliques.

Como ter então mais tráfego?

Esta é uma área bastante extensa, mas as principais formas de se conseguir mais tráfego são:

  • Publicar regularmente
  • Fazer guest posts
  • Optimizar o blogue com SEO
  • Promover o blogue nas redes sociais
  • Fazer networking
  • Entre outras formas

 

Conclusão

Se tens andado a cometer algum ou todos estes erros, será boa ideia e boa altura de começar a alterar a tua forma de trabalhar. Uma simples mudança pode significar uma grande diferença para quem está a tentar ganhar dinheiro com o Google Adsense.



2 Comentários

  1. Tiago
    Junho 12, 2015
    • Paulo António
      Junho 12, 2015

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.